Paranaguá

Paranaguá é a cidade mais antiga do Paraná. Com mais de 350 anos de história, está localizada no litoral do Paraná, há aproximadamente 90 km de Curitiba e é principal cidade do litoral paranaense. Além de sua importância a economia do Paraná, possui um dos mais belos conjuntos arquitetônicos coloniais do Estado, ainda guarda vestígios da época da colonização em seus casarios de fachada azulejadas, ladeiras de pedra e em suas igrejas, muito valorizado em função da sua representatividade e de seu potencial turístico que se estende ainda ao seu entorno, como por exemplo a surpreendente Ilha do Mel, que pertence ao município.

É possível ainda fazer o passeio de barco pela Baía de Paranaguá, visitar o Porto de Paranaguá, conferir os artefatos do Mercado Municipal, dançar o Fandango, dança típica do litoral paranaense, e provar a deliciosa culinária paranaense como o barreado e o pirão de peixe .

Aquário Marinho de Paranaguá

O Aquário Marinho de Paranaguá apresenta 23 tanques de água doce e salgada. O aquário fica em um terreno de 8.000 m² e área de 2.200 m² construídos, dividido em três pavimentos. O local conta com biblioteca, loja temática, lanchonete, auditórios, mirante e jardim.

Além de um ponto turístico da cidade, o aquário também é um espaço para pesquisa e educação ambiental, com atividades de campo, oficinas, ciclo de palestras e visitas monitoradas para grupos escolares e excursões previamente agendados.

 
 

Museu de Arqueologia e Etnologia

O Museu de Arqueologia e Etnologia da UFPR (MAE), foi inaugurado em 1963 e é o primeiro museu universitário do Estado do Paraná. Sua sede principal está localizada no município de Paranaguá, nas instalações do prédio que abrigou o antigo Colégio dos Jesuítas, fundado em 1755. O prédio sede do MAE foi transferido para a guarda da UFPR em 1958

Ilha do Mel

Fortaleza de Nossa Senhora dos Prazeres ou Fortaleza da Barra

Construção de 1767-1769, feita por determinação do Rei de Portugal Dom José para proteger a Baía de Paranaguá. Em 1850, nesta fortaleza, o “Combate Cormorant” marcou a história de Paranaguá. O vapor de guerra inglês aprisionou três embarcações nacionais em decorrência do tráfico ilícito de escravos, originando a referida batalha. A Fortaleza foi tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional em 1972.

Capela de São Francisco

Pequeno oratório construído ao pé do Cruzeiro, que guarda em seu interior várias imagens, sendo a devoção maior, dedicada a São Francisco de Assis, o Santo protetor dos animais. Situa-se no Morro Nhá Pina a uma altura de 151 metros acima do nível do mar.

Farol das Conchas

Construído em 1872, por ordem de Dom Pedro II, para orientar os navegadores da Baía de Paranaguá. Localiza-se no Morro das Conchas

Gruta das Encantadas

Situa-se na parte meridional da Ilha, em grande paredão rochoso, sendo um local envolto em lendas e histórias fantásticas.

Praias

Encantadas, Brasília, Limoeiro, do Cassual, da Fortaleza, do Farol, Grande, do Miguel, de Fora, do Belo e Ponta Oeste.

Morro das Baleias

No Morro das Baleias está localizado um labirinto de canhões e um mirante, de onde se pode deslumbrar um dos mais belos visuais cênicos da Serra do Mar.

Cachoeira da Quintilha

A cachoeira da Quintilha destaca-se principalmente pelo seu excelente local para banho. É uma piscina natural de águas cristalinas, onde é impossível apreciar e não sentir vontade de mergulhar em suas águas. Mas não é só isso que impressiona nesta bela cachoeira, com seus enormes paredões de pedras, onde a água que escorre termina em um pequeno canal entre as pedras, como se fosse um toboágua, tem um visual diferente e muito bonito. O local conta também com uma área em frente a cachoeira que é ideal para acampar.